Erza

[Podcast] - Perguntas e Respostas - Em que universo anime gostarias de viver

10 mensagens neste tópico

Ora bem, da outra vez não respondi porque sinceramente não me lembro de ter visto algum anime que tivesse personagens que achasse parecidas comigo em mais do que uma ou duas coisas, mas desta vez já tenho o que responder... 

 

Assumindo que seria só uma pessoa normal nesses universos e que eventualmente não ia ser alvo de coisas muito estranhas ou sobrenaturais, ainda que pudesse ser espectadora, gostava de viver no universo de Berserk, Mushishi ou Gintama.

 

Também curtia o de Hoozuki no Reitetsu, desde que trabalhasse lá, caso contrário era capaz de ser chato com o castigo eterno e etc. 

 

Spoiler

capture9.png

Podia ser esta menina-demónio com óculos. Ou algo assim. 

 

Em termos de razões, no caso de Berserk, acho mesmo fixe a coisa medieval e fantástica porque não é levada a um ponto demasiado fantasioso para ser credível e acho que um habitante anónimo podia andar muito bem sem nunca se cruzar com um demónio. Poder-se conhecer tantas criaturas e "mundos" diferentes também ia ser giro. 

 

Spoiler

latest?cb=20150316022823

 

berserk-the-egg-of-the-king-02.jpg

 

Mushishi é mesmo porque aqueles espiritozinhos são fofos e aquelas florestas nas montanhas são <3

 

Spoiler

mushishi__coming_spring_by_oxmiruku-d9rt

Gintama, por sua vez, é porque a ideia de um melting pot em que houvesse aliens a caminhar entre nós num Japão que não se percebe se é antigo se é moderno e em que a viagem espacial fosse o mesmo que andar de autocarro abre opções quase ilimitadas. 

 

Spoiler

maxresdefault.jpg

 

r8yjsqQ.png

 

4 membros gostaram disto!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar nas redes sociais

 A mosca foi convidada outra vez. 

 Eu para passar ferias ia para qualquer mundo fantástico, um daqueles que distorce algumas regras deste.

Mas para viver sem duvida ia para o mundo do One Piece. Mesmo sendo um "extra" poder ler o jornal e saber que pirata fez o quê, já me satisfazia. Mas participar activamente como pirata ou marinheiro seria muito mais emocionante.

3 membros gostaram disto!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar nas redes sociais

Pokémon, é claro. Receber um pokéball no Natal ou dia de anos e capturar o meu parceiro que me acompanharia ao ir para a escola, onde para além de aulas normais ainda se tinha aulas sobre pokémon e nos intervalos faríamos lutas. Depois era capaz de estudar para ser um professor e viajaria pelo mundo para estudar novas espécies ou comportamentos naturais de espécies já descobertas.

Depois tiraria um doutoramento em ciência pokémon e analizaria as UBs e o veneno produzido pelo Nihilego.

2 membros gostaram disto!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar nas redes sociais

Esta pergunta é muito mais difícil de responder...:m187:

 

Viver num universo cheio de violência ou miséria está fora de questão, mais facilmente imigrava para a Síria ou Coreia do norte.

Um mundo calmo e futurista como em Aria não era mau mas seria talvez demasiado calmo.

Talvez Eve no Jikan fosse uma boa alternativa.

 

Outro problema seria a anatomia.

Seria eu transformado numa personagem de anime ou haveria uma convergência fisionómica entre mim e os habitantes desse universo de modo a ficarem mais "humanos"?

É que mulheres com olhos do tamanho de bolas de futebol não me atraem lá muito. :m048:

No caso de haver convergência então o mundo de Nagasarete Airantou não seria mau de todo.:m021:

 

3 membros gostaram disto!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar nas redes sociais
há 14 horas, Tanuki no Gokei disse:

Seria eu transformado numa personagem de anime ou haveria uma convergência fisionómica

 

 Esta é uma questão seria em que eu não tinha pensado, achei que seria transformado numa personagem de anime, nas a "convergência fisionómica" pode ter mais vantagens.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar nas redes sociais

Universo de Oyasumi Punpun seria deveras depressivo, mas é um pouco de como é a minha vida.

1 membro gostou disto!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar nas redes sociais

Yooo.

 

Cá estou eu para responder a este desafio. Esta pergunta não é nada fácil, mas curti das respostas do gira, bem justificadas e fundamentadas. No entanto, one piece ou cowboy bebop parecem-me mundos um bocado arriscados para se viver, dependendo do planeta ou da ilha claro (bebop por exemplo tem bué máfia e pobreza, e one piece geralmente há sempre uma merda qualquer a perturbar o bem estar da ilha, sejam piratas, ou reis tiranos ou o catano). O que aliás acontece em muitos dos animes que poderíamos aqui responder. É como a Erza disse, é mais fácil escolher um sítio para passar férias. Porque para viver acabo sempre por escolher algum mundo parecido com o nosso.

 

Por isso, a minha resposta é: ou algum ambiente futurista tipo Ghost in the Shell (cyberimplants ftw!), em que há bué tecnologia avançada e de resto é um mundo tipo o nosso mas mais evoluído! Ou então Berserk, para poder matar uns demónios com a minha espada que tá a ficar enferrujada e estou saudoso de espalhar algum sangue e entranhas.

 

Mas fixe, deu que pensar e já me tiraram um pouco deste tédio de domingo, pois estava para aqui sem motivação para nada e sem dinheiro para a cervejinha - é que nem sequer café tomei hoje. Clássico fim do mês.

 

Bom vou passar à próxima.

 

Ah e gostei muito de conhecer o vosso convidado especial - a mosquinha que passou o tempo a voar de um lado para o outro.

3 membros gostaram disto!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar nas redes sociais

Que raio?! Este podcast passou-me completamente ao lado!

 

O problema é mesmo as condições em que viveríamos no tal mundo. Sem poderes ou coisas especiais? Então a escolha fica logo muito limitada e provavelmente os slice-of-life são os mais atraentes nessa perspectiva. Se fosse esse o caso, então ia para nova veneza (Aria). Caso pudesse ter poderes ou estar em contacto com pessoas que os tenham (e que mos possam ensinar ou guiar pelas suas lides), então não só aconselharia a Erza caso se entediasse no campo de non-non-biyori mas também eu próprio iria para o campo no mundo de Flying Witch, vencedor não-oficial de prémio de anime do ano 2016.

 

Spoiler

 

 

Sobre pure illusion não vou dizer nada porque posso estragar as surpresas, mas é uma escolha muitio interessante.

 

Se pudesse ser um pouco mais megalómano e tivesse poderes e associações com personagens principais, então talvez ghost in the shell até porque o problema com ghost in the shell é que só expõe o lado negro da sociedade pós-futurista que serve de pano de fundo. Isso também o nosso universo tem, e tão mal ou pior. Ter um corpo todo ele ciberizado, capacidades de hacking ao nível dos melhores do mundo, fundos e tempo-livre, as possibilidades de entretenimento são infinitas.

 

Se pudesse ser ainda mais megalómano e quisesse aventura, não me importava nada de viver na situação do protagonista de overlord, mudando só talvez as limitações face à capacidade de sentir emoções. Mesmo assim, viver sendo constantemente lembrada dos "bons velhos tempos" pode acabar por ser um pouco deprimente. O contexto do protagonista não me é desconhecido de todo.

 

Para férias? O Giraterra tem boa ideia no que toca ao One Piece (a tal massa de terra maior é a red line, mas mesmo assim não é só por serem ilhas que são pequeninas, olha só o reino de Alabasta). Eu ou era isso ou ia para macross assistir àqueles concertos elaboradíssimos.

Spoiler

 

 

Às 6/7/2017 às 11:28, SeventyFive disse:

Gintama, por sua vez, é porque a ideia de um melting pot em que houvesse aliens a caminhar entre nós num Japão que não se percebe se é antigo se é moderno e em que a viagem espacial fosse o mesmo que andar de autocarro abre opções quase ilimitadas.

 

No universo de gintama só viveria/passaria férias se pudesse manter as minhas memórias da vida que tenho agora. Só assim se pode apreciar esse universo em todo o seu esplendor.

E se fosse Yato também ajudava.

1 membro gostou disto!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar nas redes sociais
há 8 horas, Descartas disse:

não só aconselharia a Erza caso se entediasse no campo de non-non-biyori mas também eu próprio iria para o campo no mundo de Flying Witch, vencedor não-oficial de prémio de anime do ano 2016.

É isto mesmo! :D Concordo a 100% :) 

 

Também entendo o que dizes sobre Ghost in the Shell ;)

1 membro gostou disto!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar nas redes sociais

Cria uma conta ou faz login para comentar!

Para escrever um comentário é necessário ter uma conta. É muito fácil e rápido criar uma!

Criar uma conta

Cria uma conta e vem fazer parte desta comunidade! É fácil e rápido!


Criar uma conta

Login

Já tens uma conta? Faz o login!


Faz login agora

  • Conteúdo Recomendado:

    • Erza
      Por Erza
      Olá a todos!
       
      Mais uma vez temos um novo podcast de perguntas e respostas  Desta vez levámos um tempinho a colocar um novo video, mas esperamos que gostem e que estejam dispostos a partilhar os vossos guilty pleasures também!
       

       
       
    • Erza
      Por Erza
      Olá pessoal!
       
      Trazemo-vos mais um podcast, desta vez sobre o Iberanime 2017
      Este ano não conseguimos entrar, mas tivemos uma enviada muito especial que captou algumas imagens no interior do recinto! Se tiverem ido partilhem aqui o que acharam do evento, actividades realizadas, organização do espaço, se gostaram e tudo o que se lembrarem de falar sobre este evento  
       
       
    • Erza
      Por Erza
      Olá pessoal!
       
      Criei este tópico para vos pedir que escrevam aqui caso tenham sugestões de temas que possamos abordar nos podcasts!
      Não têm necessariamente de ter a ver sempre com anime, manga e cultura japonesa em geral, embora esse seja o nosso maior foco. Também estamos abertos a brincadeiras, palhaçadas, entre outras coisas que não tenham à partida que ver com estas temáticas, mas que achassem divertido ver
       
      Claro está que todas as sugestões deverão ser dentro do campo do aceitável, lol!
       
      Também podem sugerir temas para discussão de animes, ou animes em si, ou sugestões de membros convidados, sejam vocês ou outros, mas sempre com temas associados ou razões para o convite de determinado membro 
       
      Por favor participem e ajudem-nos a melhorar os nossos podcasts! 
       

       
      Beijinhos a todos!
    • Erza
      Por Erza
      Olá meninos e meninas! J

      Antes de mais, gostaríamos de pedir desculpa pela ausência de podcast no mês de Dezembro... Ocupações laborais e familiares fizeram com que simplesmente não nos conseguíssemos organizar atempadamente!
      Contudo, vimos agora presentear-vos com um novo vídeo neste mês de Janeiro, onde o tema subjacente é apenas fazer um pequeno apanhado do ano de 2016, no que a Anime diz respeito.
      Falamos então de algumas das séries que vimos (eu, o Gira e o Urza), que tenham saído durante o ano passado, dando a nossa opinião sobre as mesmas, e se de facto as recomendamos (o que não significa que estejam de acordo connosco, claro está!).
      Mas experimentem de qualquer modo, e digam de vossa justiça. Aliás, partilhem o que viram também, e falem sobre as vossas próprias opiniões! J
      E mais uma vez, comentem, façam críticas e/ou sugestões!
      Obrigada! J
       
       
      Aqui têm um link com informação sobre cada serie mencionada:
      https://drive.google.com/file/d/0B9NBqhTDz0yLZXNYOFdYNHNpaGs/view