Toda a Actividade

Este stream actualiza-se automaticamente   

  1. Nesta hora
  2. Outra coisa que acho mal no Japão, é que eles conduzem do lado errado. Como os britânicos, conduzem pela esquerda. Isto foi uma coisa que notei a ver animes, e a quem diga que não se aprende nada a ver desenhos animados. De vez enquanto num anime aparecia um carro na estrada, e qualquer coisa na imagem parecia errado. Acabei por perceber o que era, mas pensei que fosse um erro, as vezes quando passam os desenhos para o ecrã, os lados direito e esquerdo ficam invertidos, já vi personagens a dar passa-bens com a mão esquerda. Achei que podia ser o caso, quando vi num outro anime decidi investigar. Após umas pesquisas fiquei esclarecido, eles conduzem do lado errado.
  3. Hoje
  4. Uma das coisas que masi me incomoda no Japão é exactamente essa política de trabalho. Tenho a ideia de que isso é mais prevalente nas grandes cidades e que em zonas mais pequenas/rurais isso já não é bem assim... Alguém sabe sobre isto? Também me parece que as muitas horas extraordinárias são mais prevalentes em trabalhos de escritório, mas mais uma vez não tenho ideia...
  5. Ontem
  6. eu bem que vejo de vez em quando threads destas no 4chan. nunca pensei que uma cena destas existisse tanto assim. vivo mesmo ao pé de comboios e de vez em quando fico um bom bocado a olhar para eles...temos um etr 610 que vai todas as madrugadas para milão e veneza...um gajo ir trabalhar de madrugada fica um bocado deprimido mas depois de olhar para aquilo até se alegra um bocado PS...já tiravam esta thread da secção de spam ...posso pedir à moderação se é possível de colocar isto no geral? obrigado
  7. O anime estará disponível em Portugal no Crunchyroll.
  8. Última semana
  9. Analisei o Fear Effect para a PS1, um dos jogos de survival horror mais interessantes para a consola e que mais puxou pela consola, com fundos em FMV, gráficos cell shaded e até duel wielding.
  10. stika

    Analisei um dos jogos de suvival horror mais interessantes da PS1: Fear Effect.

     

     

  11. Tópico movido para a categoria "Animes Terminados".
  12. Tópico movido para a categoria "Animes Terminados".
  13. Tópico movido para a categoria "Animes Terminados".
  14. Não tive interesse em ver, por isso não posso opinar... Só sei que a nota média no MAL é boa, mas o pessoal do ANN não gostou da série.
  15. Tópico movido para a categoria "Animes Terminados".
  16. Obrigado JUCA, esqueci desse pormenor. Falando de temas um pouco mais alegres, sou fã em seguir comboios por várias estações pelo Japão a fora e especialmente por estações onde costuma nevar durante os meses de inverno. O sair e entrar passageiros, as músicas, os interlocutores anunciarem a chegada de um comboio avisando para se manterem ao chamado perímetro de segurança é deveras interessante ver como existe uma grande organização para impedir atrasos e toda a gente poder chegar ao destino na hora exacta, provavelmente em cidades pequenas porque certamente nas grandes cidades japonesas o fluxo de pessoas é bem maior e traz sempre consequências às filas na chegada de um comboio. Aizu wakamatsu JR ( 福島県会津若松市駅前町) (fachada da estação) Seguia esta estação desde talvez meados de 2009, era lugar cativo aos tópicos de comboios pelo /jp/ no 4chan. (Já pelo interior era assim, ambos comboios na imagem são usados para viagens locais existem outros para ligações fora de Fukushima) (Assim era a qualidade de imagem da webcam instalada no fim da estação) (them webcam) (Durante o inverno não só a pista como também a própria zona de passageiros fica parcialmente coberta de neve, existe sempre empregados limpando diariamente o lugar) Infelizmente no dia 31 de Março deste ano a webcam encerrou acho temporariamente (crossed fingers) o que me deixou um pouco triste e assim o último momento foi este See you soon, two waving guys Extras finais desta mensagem (Música quando anuncia a partida de um comboio) (Timelapse de 40 minutos da estação) Deixo aqui também um link para quem tem interesse em seguir outras stream sem ser comboios, sim tudo pelo glorious nippon! Have fun. Esqueci de mostrar o SL Banetsu Monogatari, este comboio antigo restaurado costumava passar pela estação a certos domingos do ano. Por acaso muita gente ia sempre o ver e podem ver mais aqui também http://www.jreast.co.jp/e/joyful/c57.html
  17. Boa iniciativa. Apesar de ser um clássico, Akira ainda é dos filmes mais incríveis e misteriosos da animação japonesa. Aquela moto do Kaneda é qualquer coisa . E o blusão de cabedal dele também lhe dão uma imagem inesquecível. E tem um plot que ainda permanece actual. Se fosse no Porto, ia.
  18. Alguém chegou a ver isto? Vale a pena ver?
  19. Tópico movido para a categoria "Animes Terminados".
  20. Tópico movido para a categoria "Animes Terminados".
  21. Não é tanto uma questão de seguir rituais mas mais uma questão cultural. Ao contrário do ocidente, onde as pessoas até acusam gente como o Robin Williams de ser cobarde por pôr termo à própria vida, no japão o suicídio ainda é visto como um acto honrado. O próprio governo japonês já reconheceu que isso é um problema, ao ponto de estar a tentar forçar as empresas a deixar os empregados saír mais cedo pelo menos na última sexta-feira de cada mês, para descontraírem e para dar um impulso à indústria dos serviços. Chamam-lhe premium friday (プレミアムフライデー) e o nível de sucesso da campanha, se quiseres ser optimista, "ainda está por ser devidamente avaliado". Para mim, o melhor pedaço de conhecimento que a internet nos ofereceu foi que portugal não é melhor ou pior do que os outros e que a maioria dessa gente que se diz "viajada" interagiu com um pedaço muito controlado das culturas que visitam e depois ficam com uma visão idealizada que importam para cá, que só contribui para fortalecer um complexo de inferioridade que já chega ao ponto de nos fazer duvidar dos méritos dos nossos próprios feitos históricos. Só mesmo as grandes cidades é que estão num nível tecnológico superior. O resto do japão é igual ou até mesmo mais retrógrado que outros países ocidentais. Se queres um exemplo do que se passa fora das grandes cidades, dá uma olhadela a Sakura Quest. Os paralelos com o que se passa em portugal são notáveis. E o velho Kaichou é um Herói.
  22. A Questão da semana passada era: Questão 3- Mencione uma personagem cujo nome tenha um significado relacionado com o próprio. Estava a espera que alguém respondesse Sakura, normalmente é uma personagem feminina com cabelo rosado. Visto que sakura é a palavra (em letras ocidentais), japonesa para flor de cerejeira, que é rosada. O @Tanuki no Gokei leva nota A+. Deu uma resposta bastante completa, onde até explicou o prefixo o que "é um prefixo indicativo de respeito". Também é utilizado para se referir à membros da realeza. O resto leva um F. Quarta Lição. (Yon-kai-me no ressun) Para esta lição continuamos a ver o vídeo anterior, o vídeo começa, automaticamente, do minuto 8. Basta verem até ao minuto 12. Basta verem até ao minuto 12. No vídeo de hoje, um dos assuntos abordados é como se pronuncia as diferentes nacionalidades em japonês. Notem que os japoneses não usam nas suas palavras, duas consoantes seguidas, normalmente colocam um u. E também não terminam as palavras com consoantes, neste caso normalmente colocam um o. Ex.: Portugal = Porutugalo. Questão 4- Dá um exemplo de uma personagem estrangeira, explicando o que te leva a concluir isso. Nos animes e mangas existem personagens que nota-se que não são japonesas, pelas feições, maneirismos e ou, maneira de falar.
  23. Acho que devias ter posto o vídeo dentro de um spoiler com um alerta antes. É um tema sensível e o conteúdo pode incomodar. Outro fenómeno que eu, quando era mais ingénuo, não esperava que acontecesse no Japão o Monte Eliseu do anime. Mesmo não sendo unico, a ter uma alta taxa de suicidios no mundo, a maneira como acontece, aqui mostrada, é unica. Jukai. Juka i? JUCA aí! Esta floresta está a chamar por mim, fiquei com vontade de fazer-lhe uma visita. Mas com ida e volta, é realmente bonita, mas parece desprovida de vida, não vi nenhum animal no vídeo, nem insectos. Já estive nesse comboio, mas acho que vou mudar de carruagem. Nunca me imaginei a viver noutro lado, mas acho que preciso de tentar uma coisa diferente. Nunca quis ir viver para o Japão, mas a admiração que os animes me causavam faziam-me imaginar que era um lugar muito avançado, tecnologicamente, culturalmente, intelectualmente e socialmente. A minha imagem perfeita do Japão foi destruída pelas suas próprias mãos, e pior pelo o que eu mais gosto deles, o anime. Quando vi Gantz, aquele episódio em que mostra um grupo de jovens a agredir os sem abrigo chocou-me. Não estou a gozar, mas o que me chocou não foi os jovens a agredir os sem abrigo, foi o facto de existirem sem abrigos no Japão. Não estava preparado para isso, eu pensava que o Japão era a sociedade mais perto de uma utopia, e esperava que não houvesse pessoas a passar necessidades. Numa utopia não espero que ninguém passe necessidades, a não ser por escolha própria. Agora que a minha ilusão foi quebrada (KAI - genjutsu dissipado; uma referência a Naruto), acho graça como pude ser tão ingénuo. Eu era novo, e ingenuidade sempre foi uma parte importante de mim. Esta frase não faz justiça a importância do conteúdo na ligação. Mas como está escrito no final, há um preço a pagar pelas comodidades, e não é só em dinheiro. A próxima invenção vão ser os aspiradores fecais. Incomoda-me a ideia, de sair molhado, mas talvez eu é que esteja mal informado. Quanto as modificações, depende do tipo, algumas são quase tão fáceis de instalar como as comuns por aqui, segundo um documentário que vi. Deixem-me explicar que vi um documentário sobre sanitas porque (estava a dar na televisão), gosto de saber como são as coisas, falavam sobre o efeito de vácuo que acontece, e outros pormenores que não conhecia e fiquei a saber. Mais uma coisa para enriquecer a minha biblioteca mental, no espaço para saberes inúteis, que na melhor das hipóteses, serão utilizados uma vez na vida.
  24. Para isso existe a opção de colocar o texto em spoiler. Caso se alonguem demasiado, é colocar uma advertência e direccioná-los para o tópico específico da série - que, aliás, poderia estar no primeiro post do tópico geral, ou num subfórum que duraria apenas tanto quanto a season e cujos tópicos, completas as séries, voltariam ao subfórum geral. Acho uma boa ideia porque o que as pessoas procuram mais hoje em dia é imediatismo e várias coisas no mesmo sítio, em vez de um mar de tópicos de anime onde muitos não chamam a atenção a quem os vê, e de onde não é possível distinguir por data ou género excepto se se ler a sinopse. Pode ter resultado antigamente, mas agora está a falhar, tal como dizes - os tópicos de anime novo raramente têm sequer um comentário.
  25. No semestre passado tive um professor que foi à Coreia do Sul e expôs a sua adoração pelas sanitas high-tech, em particular por um determinado jacto de água. Este semestre tenho o marido dele como professor, que expôs a mesma adoração, em particular pelo mesmo jacto de água. ... Mas lá que é útil, é. O que também me disseram foi que tal coisa seria complicada de instalar por cá (por exemplo) porque envolve modificações mesmo ao nível da tubagem.
  26. puto, no Japão, no inverno, podes cagar com o cu quente! https://japantoday.com/category/features/lifestyle/japan-the-land-of-a-thousand-conveniences?
  27. A sério? Agora tou curioso, o que é que acontece por aqueles lados?
  28. @バトラー ya por acaso já tinha visto e está muito bem feito. há cenas maradas por aqueles lados
  1. Ver mais actividade