Saltar para o conteúdo

  •  

               

Anime em Portugal vale a pena?

* * * * *
Uma das questões que volta e meia serve de discussão entre alguns membros da comunidade, é a emissão de Animes na TV do nosso país. É uma temática perfeitamente discutível e que serve para fazer uma espécie de Raio-X em termos sociológicos a uma certa demografia social e, claro, ao panorama televisivo nacional.

Muitas pessoas da minha geração, "habituaram-se" a ver dos desenhos animados na sua infância. Digo desenhos animados, mas incluo os saudosos cartoons e os animes que, no meu caso, me proporcionaram entretenimento e umas tardes bem passadas. Hoje, essas mesmas pessoas, olham para a televisão portuguesa de hoje e reconhecem um corte brutal entre o que se passava no nosso tempo e as escolhas que hoje passam na TV. Os desenhos animados são um oásis na programação de uma televisão que hoje privilegia a reality-tv e a ficção, com todos os pontos positivos e negativos que acarretam. E as animes que vão passando, são os produtos mais mainstream, que em nada se compara à diversidade que as televisões nos proporcionavam anos atrás.

Significa isto que as pessoas não querem ver desenhos animados, cartoons ou animes na TV?

Tomemos como ponto de partida os anos 90 (para não ir mais atrás no tempo). Nessa altura, havia uma cultura televisiva bastante diferente: havia a tradição dos desenhos animados durante a manhã até às 10h e até durante a tarde (ex. Batatoon na TVI). Numa altura em que a internet e as redes sociais davam os seus primeiros passos, a TV e os videojogos eram dos passatempos mais divertiam a malta mais jovem. Por isso, havia a necessidade das TV's irem de encontro a esse público, dando a conhecer séries diversificadas, incluindo alguns animes que iam fazendo sucesso noutros países.

Agora isso é impossível. Quer a televisão, quer a geração mais jovem, mudaram completamente.

Mas, felizmente, ainda são emitidos uns quantos animes pelo nosso país. Porém, para um fã de anime que tem uma visão mais abrangente, talvez reconhecerá que haveriam séries diferentes que poderiam ter imenso sucesso na TV. Basta frequentar uns quantos fóruns de anime ou as redes sociais para confirmar isso.

A meu ver, a televisão portuguesa apenas emitirá animes que terão retorno significativo de audiência. Daí que seja normal a emissão de Naruto, YuGiOh!, Fairy Tail e até, as repetições de DBZ. São produtos em que, nalguns casos, ganharam muitos fans pelo "passa palavra" e massificação de gostos. Logo, as TVs irão à procura de produtos que possam chamar essas pessoas (que algumas não vêem TV) para verem o seu canal.

Pessoalmente, como fã de anime, entristece-me que não alarguem a diversidade de animes que passam dobrados em PT ou legendados, na TV portuguesa. Porém, também sei que é impossível para um canal de TV, ainda por cima com a actual conjuntura económica, apostar neste tipo de produtos. Por isso, de certa forma, até fico contente que vão passando animes na TV, mesmo estes mainstream. Pode ser que uma pessoa que nunca tenha visto um anime na vida, depois de ver uma destas séries, até fique com curiosidade e vá descobrir outras séries...


Últimas 20 Edições
  Membro Data de Edição  
avatar Mike 19 Ago 2013 - 18:00
  • Mens. Pessoal
avatar kikuchi 15 Jun 2013 - 23:09
  • Mens. Pessoal
avatar kikuchi 15 Jun 2013 - 21:57
  • Mens. Pessoal